A realidade é um reflexo da nossa visão de mundo

 

Visão de mundo

 

O nosso cérebro dual, que contém dois hemisférios, é o microcosmo, uma miniatura do macrocosmo. Um biocomputador. Ele é “material”, porém a mente é virtual e está conectada ao Universo Holográfico.

Assim, este mundo é um reflexo da nossa visão de mundo. Este mundo relativo e ilusório é uma projeção da visão de nossa mente equivocada (crenças). Uma cópia pálida do mundo Real e atemporal.

O Amor interior multidimensional não se revela agora nesta “realidade”, porque a humanidade está inconsciente e não acessa a sua verdadeira Identidade interior, que é o próprio Amor.

Por isso, Joel S. Goldsmith disse que este mundo não é uma ilusão. Ilusão é a ideia ou a visão que nós temos do mundo. Basta compreender e assimilar o que ele disse. Ao compreendê-lo, compreendemos também as palavras do filósofo Nietzsche, até então incompreensíveis para muitos.

A excelência do Super-homem visitou-me como uma sombra. Ai meus irmãos! Que me importam já os deuses? (Nietzsche)

As frases que eu utilizo do filósofo Nietzsche são somente para os leitores que são capazes de captar o significado, porque muitos não compreendem a sua abordagem. Nem mesmo alguns eruditos e doutores em filosofias, que acham que sabem de tudo.

Alguns indivíduos “inteligentes”, inclusive acadêmicos, devido à incapacidade de compreendê-lo, apelam até para a calúnia, ao se referir ao sábio filósofo Nietzsche.

É um juízo correto, por parte dos eruditos, que em todos os tempos os homens acreditaram saber o que é bom e mau, louvável e censurável. Mas é um preconceito dos eruditos achar que agora sabemos mais do que em qualquer tempo. (Nietzsche)

Saiba mais…

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!